Agência Brasileira de

Abin

Cooperação Nacional

 

 

A ABIN é o órgão central do Sistema Brasileiro de Inteligência (SISBIN), que reúne unidades de Inteligência de 38 órgãos da administração pública federal. O sistema é o principal espaço de intercâmbio de conhecimentos de Inteligência do país.

A Agência também participa de fóruns, grupos de trabalho e iniciativas do Governo Federal e dos estados em diversos temas relacionados à atividade de Inteligência. Os principais grupos e fóruns de que a ABIN participa estão listados abaixo.

 

 

 

 

 

Atuação contra a lavagem de dinheiro

ENCCLA: LAVAGEM DE DINHEIRO


A Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (Enccla) é uma articulação de órgãos, entidades públicas e sociedade civil que atua na prevenção e combate à corrupção e à lavagem de dinheiro. Atualmente, 60 órgãos e entidades fazem parte da Enccla como Ministérios Públicos, Poder Judiciário, polícias e órgãos de controle. Foi criado em 2003, por iniciativa do Ministério da Justiça.

 

 

Avanço tecnológico é o objetivo

RENASIC: CRIPTOGRAFIA


A Rede Nacional de Segurança da Informação e Criptografia (RENASIC) é uma iniciativa do Centro de Defesa Cibernética (CDCIBER), do Comando do Exército, para promover avanço científico-tecnológico na segurança das informações, criptografia e defesa cibernética do país.

O principal objetivo do Renasic é elevar a competência brasileira nesse campo tecnológico por meio da cooperação entre órgãos públicos, universidades, institutos de pesquisa e instituições privadas. O Renasic é composto por um comitê diretor, comitês técnico-científicos, laboratórios de pesquisa e grupos de trabalho. A ABIN é membro do comitê diretor do Renasic.

 

 

SIPRON: SEGURANÇA NUCLEAR


O Sistema de Proteção ao Programa Nuclear Brasileiro (Sipron) é responsável pelo planejamento e coordenação das ações para a segurança do Programa Nuclear brasileiro. O Sipron coordena ações governamentais que envolvem as três esferas de governo, visando à segurança das atividades, instalações e dos projetos nucleares. Entre suas atribuições também estão ações para a segurança do pessoal envolvido no setor nuclear e para a proteção da população em áreas próximas às instalações.

A ABIN tem participação nos quatro colegiados que compõe a estrutura do Sipron:

Copron: Comissão de Coordenação da Proteção ao Programa Nuclear Brasileiro;

Copren/AR: Comitê de Planejamento de Resposta a Situações de Emergência Nuclear no Município de Angra dos Reis/RJ;

Copren/RES: Comitê de Planejamento de Resposta a Situações de Emergência Nuclear no Município de Resende/RJ;

Caslon: Comitê de Articulação nas áreas de Segurança e Logística do Sistema de Proteção ao Programa Nuclear Brasileiro.

 

 

CNIG: IMIGRAÇÃO


O Conselho Nacional de Imigração (CNIg) é um órgão de deliberação coletiva integrante do Ministério do Trabalho e Emprego. Entre suas responsabilidades estão a formulação da política nacional de imigração, levantamentos periódicos de necessidades de mão de obra estrangeira, estudos e pareceres sobre alterações na legislação relativa à imigração. A ABIN é membro observador do conselho.

 

 

CGSI: SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO


O Comitê Gestor da Segurança da Informação (CGSI) assessora a Secretaria Executiva do Conselho Nacional de Defesa Nacional estabelecendo diretrizes de segurança para órgãos e entidades da Administração Pública Federal.

A Segurança da Informação compreende ações de proteção dos sistemas de comunicação visando a assegurar a disponibilidade, integridade, autenticidade e confidencialidade das informações governamentais. A ABIN possui dois representantes titulares no comitê. O CGSI é coordenado pelo Departamento de Segurança da Informações Comunicações (DSIC), integrante do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República (GSIPR).

 

facebookgoogle_plusmail