Agência Brasileira de

Abin

O que faz o profissional de Inteligência

 

O TRABALHO


Os profissionais da Agência Brasileira de Inteligência dividem-se em três grandes áreas de atuação. Ao ser admitido na ABIN, o servidor atuará em um dos segmentos abaixo.

 

Atribuições desempenhadas principalmente por oficiais de Inteligência e agentes de Inteligência, consistem no processamento de informações sobre temas estratégicos. O analista produz relatórios de Inteligência para orientar a tomada de decisão do usuário –geralmente a Presidência da República –, que utilizará o conhecimento disponibilizado no documento como subsídio para decisões e políticas governamentais. Questões geopolíticas, ameaças terroristas, espionagem estrangeira e avaliações de risco são exemplos de áreas de atuação do analista.

 

Atribuições ocupadas principalmente por oficiais e agentes técnicos de Inteligência, consiste na gestão administrativa da Agência e no apoio às ações de Inteligência. O trabalho é desenvolvido por profissionais especialistas em determinadas áreas do conhecimento, como Administração, Direito, Engenharia, Jornalismo e Tecnologia da Informação. Unidades de administração, tecnologia e planejamento são algumas das principais lotações dos profissionais da área técnica, incluindo dos grupos Informação e Apoio.

 

Atribuições executadas por oficiais de Inteligência e agentes de Inteligência, consiste na busca e obtenção de dados não disponíveis em fontes ostensivas de informação. O profissional atua em campo à busca de dados, geralmente solicitados pela área de análise de Inteligência e Contrainteligência, para subsidiar a produção de relatórios. O trabalho segue rigorosamente os preceitos determinados pela legislação brasileira e utiliza apenas técnicas operacionais legalmente disponibilizadas.

 

 

A CARREIRA


As carreiras de Inteligência da ABIN contam com quatro cargos: oficial de Inteligência, oficial técnico de Inteligência, agente de Inteligência e agente técnico de Inteligência. As duas primeiras são de nível superior e as duas últimas de nível médio.

O profissional de Inteligência poderá atuar em diversas áreas da Agência. Após ingressar na ABIN, a lotação do servidor é feita com base em critérios que levam em conta a colocação no concurso público, as competências técnicas, as habilidades profissionais e as aptidões pessoais, de modo a privilegiar o atendimento das necessidades da instituição e a valorização do profissional.

 

Oficial de Inteligência Nível Superior Área de Produção
Oficial Técnico de Inteligência Nível Superior Área de Apoio
Agente de Inteligência Nível Médio Área de Produção
Agente Técnico de Inteligência Nível Médio Área de Suporte
Grupo Informação    Níveis Médio/Superior Áreas de Produção e Suporte
Grupo Apoio Níveis Médio/Superior Área de Suporte

 

 

facebookgoogle_plusmail