Agência Brasileira de

Abin
Publicado em: 03/01/2019 às 17:45hs. || Atualizado em: 03/01/2019 às 18:00hs.

Centro de Inteligência para Posse conclui com êxito suas atividades

Centro coordenou as ações de Inteligência para o evento de 1° de janeiro

 

 

O Centro de Inteligência para Posse Presidencial (CIPP), instalado pela ABIN para coordenar as ações de Inteligência e acompanhar a segurança da posse presidencial, concluiu com êxito suas atividades em 2 de janeiro.

A estrutura reuniu órgãos do SISBIN e do Distrito Federal, trabalhando de maneira integrada no acompanhamento e na produção de documentos diários. O CIPP atuou também nos dois ensaios da operação do evento, realizados nos dias 23 e 30 de dezembro.

Durante seu funcionamento, o CIPP recebeu as principais autoridades responsáveis pela Operação Posse. Os decisores conheceram a estrutura do Centro, detalharam o planejamento das ações de segurança e apresentaram suas demandas, de forma a potencializar a utilização da unidade em benefício dos preparativos da cerimônia.

Foram produzidos documentos de Inteligência que permitiram às autoridades, em tempo real, o correto entendimento das potenciais ameaças e contribuíram para a tomada de decisões.

As soluções de tecnologia disponibilizadas pela ABIN possibilitaram a difusão dos documentos produzidos no âmbito do CIPP e a criptografia de Estado desenvolvida pela Agência assegurou a tramitação das comunicações durante a Operação.

 

Centro coordenou as ações de Inteligência para o evento

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 Órgãos

Além da ABIN e do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República (GSI), o CIPP foi composto por representantes de Exército; Marinha; Aeronáutica; Estado-Maior das Forças Armadas; Polícia Federal; Polícia Rodoviária Federal; Departamento Penitenciário Federal; Secretaria Nacional de Segurança Pública; Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal; Agência Nacional de Aviação Civil; Agência Nacional de Transportes Terrestres; Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária; Polícia Legislativa do Senado Federal; Polícia Legislativa da Câmara dos Deputados; Coordenação de Segurança da Área (CSA) e Centro de Comando Tático Integrado (CCTI) – os dois últimos vinculados ao Comando Militar do Planalto.

 

facebookgoogle_plusmail