Agência Brasileira de

Abin

Centros de Inteligência Regionais (CIRs) | Copa das Confederações

 

 

CIR de Recife

Cada cidade-sede da Copa das Confederações contou com um Centro de Inteligência Regional (CIR). As estruturas produziram informações locais, baseadas em dados obtidos diretamente nas venues das cidades-sede.

Os CIRs foram instalados em Belo Horizonte/MG, Fortaleza/CE, Recife/PE, Rio de Janeiro/RJ e Salvador/BA. Operaram de maneira integrada e em parceria com o Centro de Inteligência Nacional (CIN).

O funcionamento dos Centros Regionais foi paralelo ao do CIN. As estruturas entraram em funcionamento no dia 15 de maio e operaram até 2 de julho de 2013.

 

 

ATUAÇÃO


Os Centros Regionais tinham a função de gerenciar a atividade de inteligência no seu estado. As unidades exerciam, na sua região de atuação, função semelhante ao Centro Nacional: coordenar a atividade de inteligência e centralizar o fluxo de informações.

Os CIRs tiveram papel fundamental, por exemplo, no apoio às ações táticas das polícias durante manifestações ao redor dos estádios. A inteligência repassou informações sobre prováveis pontos de origem de conflitos, tendências de ações a serem tomadas pelos participantes e impactos potenciais dos protestos.

 

 

 

facebookgoogle_plusmail