Agência Brasileira de

Abin

Pesquisa para Credenciamento | Copa das Confederações 2013

 

 

ABIN pesquisou nomes de todos os credenciados

A ABIN pesquisou cerca de 200 mil nomes para o credenciamento da Copa das Confederações. A Agência foi o órgão responsável pela análise dos nomes das pessoas com acesso aos locais ligados à competição.

Isso significa que todas as pessoas que necessitaram portar uma credencial para entrar em alguma área restrita das venues foram pesquisadas antes de o credenciamento ser liberado pela Fifa. O objetivo foi identificar indivíduos que pudessem representar algum tipo de ameaça ao evento.

Voluntários, funcionários da Fifa, fornecedores, equipes de tv, imprensa, convidados, prestadores de serviço, patrocinadores e seguranças integraram a lista.

 

 

METODOLOGIA


O Comitê Organizador Local (COL) da Copa enviava lotes de nomes à ABIN. A Agência pesquisa bases de dados da segurança pública, Receita Federal, Polícia Federal, Interpol e serviços de inteligência nacionais e estrangeiros. Após a análise, emitia para cada possível credenciado um dos três resultados: consta registro, nada consta e erro – quando há divergências nos dados, como grafia do nome ou números de documentos.

A decisão de conceder o credenciamento era dos organizadores da competição. A ABIN nunca decidiu se a pessoa deveria entrar ou não no evento. A Agência apenas repassava a informação.

 

 

 

facebookgoogle_plusmail