Agência Brasileira de

Abin

Jogos Olímpicos e Paralímpicos 2016

 

 

A ABIN foi o órgão responsável pela coordenação da área de Inteligência dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016, no Rio de Janeiro/RJ. Na estrutura de governança do evento, a Inteligência integrou o setor de Segurança, sob coordenação-geral da Casa Civil da Presidência da República.

As ações de Inteligência, Segurança Pública e Defesa foram definidas pelo Plano Estratégico de Segurança Integrada (PESI), publicado no D.O.U de 09 de outubro de 2015. Como coordenadora da área de Inteligência, a ABIN ficou encarregada de centralizar os conhecimentos produzidos por todos os órgãos integrantes do SISBIN, com o objetivo de assessorar o Poder Executivo e o Comitê Olímpico na gestão de segurança do evento.

Adicionalmente, a ABIN teve como atribuições realizar avaliações de riscos das instalações que receberam as modalidades esportivas, atuou na prevenção de atos terroristas e realizou o credenciamento de esportistas e organizadores para acesso a áreas restritas.

 

Agência coordenou a Inteligência dos primeiros Jogos Olímpicos da história do Brasil

 

 

ATUAÇÃO


Mais de 15 mil atletas, de 205 países, participaram de 42 modalidades esportivas nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos. Aproximadamente 50 mil voluntários atuaram na organização dos eventos e mais de 30 mil profissionais de mídia passaram pelo processo de credenciamento.

Números como esses revelam a dimensão da estrutura de segurança necessária para assegurar a realização dos Jogos Olímpicos e garantir a segurança das delegações e do público espectador. Para a ABIN, os Jogos Olímpicos e Paralímpicos representaram um desafio ainda maior do que o enfrentado na Copa do Mundo FIFA 2014 e na Copa das Confederações 2013. Cerca de 800 profissionais de Inteligência da ABIN e de outros órgãos do Sistema Brasileiro de Inteligência (SISBIN) atuaram no Rio de Janeiro e nas cidades-sede do futebol olímpico. Apenas no Rio de Janeiro, a força de trabalho foi de 400 profissionais nas Olimpíadas e nas Paralimpíadas.

 

Pesi           Plano

 

 

BALANÇO FINAL


CENTROS-DE-INTELIGÊNCIA_2-e1474290395297A Inteligência finalizou sua participação na Rio 2016 com avaliação positiva, após quase 60 dias de mobilização. Os Jogos Olímpicos e Paralímpicos foram realizados conforme o cronograma e sem incidentes graves envolvendo a segurança, a logística e a organização.

No Rio de Janeiro/RJ e nas cidades-sede do futebol, centros de Inteligência entraram em operação em 25 de julho e atuaram 24 horas por dia em quase todo o período. Antes mesmo de os centros entrarem em funcionamento, a Inteligência atuou na produção das mais de 60 avaliações de riscos das instalações olímpicas e na segurança da Tocha Olímpica.

 

 

ABIN EM NÚMEROS

 

 

facebookgoogle_plusmail