Acessibilidade

  • Aumentar o tamanho da fonte
  • Diminuir o tamanho da fonte
  • Contraste na fonte
  • Fonte Padrão
ABIN > Artigos

Prefeito de Toulouse adia por 24 horas enterro de atirador que matou sete pessoas

Renata Giraldi* - Repórter da Agência Brasil

O prefeito da cidade de Toulouse, na França, Pierre Cohen, conseguiu hoje (29) adiar por 24 horas o enterro de Mohamed Merah, 23 anos, que matou sete pessoas na região. O sepultamento estava marcado para hoje por volta das 11h de Brasília (16h de Paris), em um cemitério nos arredores de Toulouse. Para Cohen, no entanto, o enterro de Merah na cidade é “inadequado”. O assunto causou um impasse entre a França e a Argélia – país de origem da família de Merah -, pois ambos se recusam a enterrar o jovem. O presidente francês, Nicolas Sarkozy, exigiu o fim da polêmica e o enterro imediato do atirador.

Merah foi morto no último dia 22, depois de enfrentar mais de 30 horas de cerco policial e assumir ser o autor dos disparos que atingiram sete pessoas – quatro em frente a uma escola judaica em Toulouse e três militares.

A permissão para o enterro de Merah na Argélia foi negada pelas autoridades locais, que alegaram questões de segurança. "Depois da recusa de última hora da Argélia a aceitar o corpo de Mohamed Merah, o prefeito Pierre Cohen sente que seu enterro dentro da cidade de Toulouse seria inadequado. (…) "Portanto, ele pediu um adiamento de 24 horas e está analisando a questão com o governo", informou o gabinete do prefeito.

Merah nasceu na França. Os pais dele nasceram na Argélia e migraram para a região de Toulouse há cerca de 20 anos. “Ele era francês, que seja enterrado e que não haja polêmica sobre isso”, disse Sarkozy.

*Com informações da agência pública de notícias de Portugal, Lusa, e da BBC Brasil // Edição: Juliana Andrade


Fonte: EBC 

 

 


Publicado em: 30/03/2012

Imprimir Imprimir